O nosso website utiliza cookies. Ao utilizar este website está a confirmar que não se opõe. Ler mais

Apoios à Investigação Científica

Criado em 1994 pela Fundação BIAL, o sistema de Apoios à Investigação Científica, tem como objetivo incentivar a investigação centrada sobre o ser humano, nomeadamente em áreas ainda pouco exploradas mas suscetíveis de profunda análise científica, como é o caso da Psicofisiologia e da Parapsicologia.

Desde a sua criação, as candidaturas ao sistema de apoio têm vindo a aumentar sucessivamente. Até ao momento já apoiou um total de 537 projetos de cerca de 1200 investigadores, provenientes de 25 países.

 

As candidaturas aprovadas têm proporcionado apoios num valor compreendido entre 5 e 50 mil euros, determinado, em função das características de cada projeto, pelos membros do Conselho Científico, a quem cabe analisá-las.

Desde 1994 até março de 2016 o trabalho financiado pela Fundação BIAL resultou na publicação de 696 artigos e resumos em revistas indexadas, dos quais 539 em revistas com um fator de impacto médio de 3.3. Em março de 2016 foi contabilizado um número substancial de citações (7883), sendo que 102 publicações foram citadas mais de 20 vezes.

Entre os investigadores apoiados pela Fundação destacam-se prestigiados cientistas de algumas das mais notáveis universidades inglesas, norte-americanas, alemãs, francesas, australianas, russas, espanholas e japonesas, entre muitas outras.

Alguns dos Centros de Investigação apoiados pela Fundação BIAL