Este website usa cookies. Estes cookies destinam-se a otimizar a sua experiência de navegação neste website.Ler mais

Julho 05, 2016   |   Notícias

Comissão Europeia aprova opicapona, um novo tratamento para doentes com doença de Parkinson e flutuações motoras

Porto, 5 de julho de 2016 – BIAL anunciou hoje que o medicamento ONGENTYS® (opicapona), para o tratamento de doentes adultos com doença de Parkinson e flutuações motoras, foi aprovado pela Comissão Europeia. BIAL irá lançar opicapona em 2016 e 2017 na Europa.

O novo fármaco está indicado como terapêutica adjuvante de preparações de levodopa/inibidores da DOPA descarboxilase (DDC), em doentes adultos com doença de Parkinson e flutuações motoras de fim-de-dose cuja estabilização não é possível com outras terapêuticas.

De acordo com António Portela, CEO da BIAL, “é uma enorme satisfação obter a aprovação pelas autoridades europeias de opicapona, um medicamento que oferece aos doentes com Parkinson uma nova terapêutica adjuvante de toma única e eficaz. Trabalhamos no desenvolvimento de opicapona há vários anos e esta aprovação é reflexo do compromisso da BIAL com a saúde e qualidade de vida dos doentes, seus familiares e cuidadores”. O CEO da BIAL acrescenta ainda que “esta aprovação vem naturalmente reforçar o nosso projeto e programa de inovação terapêutica de trazermos medicamentos inovadores ao mercado”.

Partilhe