Este website usa cookies. Estes cookies destinam-se a otimizar a sua experiência de navegação neste website.Ler mais

Prémios

Com o objetivo de incentivar a pesquisa médica e divulgar obras de grande repercussão na área da investigação médica, em 1984 foi criado o Prémio BIAL. Decorreu, desde essa data, bianualmente, com os altos patrocínios de Sua Excelência o Presidente da República, do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e da Ordem dos Médicos.

Reconhecendo e distinguindo a investigação básica e clínica, o Prémio BIAL de Medicina Clínica, atualmente com o valor de 100 mil euros, tem o objetivo de galardoar obras intelectuais escritas, de índole médica, com tema livre, de elevada qualidade intelectual e dirigidas à prática clínica. As candidaturas são apresentadas pelos próprios autores, devendo, pelo menos um, ter nacionalidade de um país de expressão portuguesa.

Ao longo das edições realizadas, este galardão acompanhou a evolução e as tendências da Medicina, tendo premiado diversos trabalhos no âmbito das doenças civilizacionais, genética, medicina molecular, imagiologia, terapêuticas substitutivas e regenerativas, entre muitos outros.

Desde a sua instituição, o Prémio BIAL analisou 655 obras candidatas e mobilizou 1591 investigadores, médicos e cientistas de 20 países. Em 17 edições, distinguiu 99 trabalhos de 266 autores, tendo sido editadas e distribuídas gratuitamente aos profissionais de saúde 38 obras premiadas, num total de mais de 315.000 exemplares.

Em 2017, com o intuito de alargar o âmbito de atuação da Fundação BIAL e de reconhecer o que de mais notável e relevante tem sido descoberto na área biomédica, foi criado o BIAL Award in Biomedicine. Este novo Prémio, no valor de 300 mil Euros, terá a sua primeira edição em 2019 e destina-se a galardoar uma obra publicada a partir de 1 de janeiro de 2010, de índole biomédica, que traduza um trabalho com resultados de grande qualidade e relevância científica. As candidaturas são submetidas pelos membros do Júri, por alguns Órgãos Sociais da Fundação e por Sociedades Científicas.

O BIAL Award in Biomedicine conta com o apoio do Presidente da República Portuguesa, do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e da European Medical Association.

O BIAL Award in Biomedicine passará a ser atribuído em anos alternados com o Prémio BIAL de Medicina Clínica, que mantém o objetivo de distinguir um trabalho original, de índole médica, dirigido à prática clínica e em que pelo menos um dos autores tem de ser médico nacional de um país de expressão oficial portuguesa.